5 lições do dia a dia sobre segurança do condomínio

segurança condominioSabemos que a segurança do condomínio é um fator muito importante, especialmente nos dias atuais. Em um ambiente onde circulam muitas pessoas, como é o caso do condomínio, além da segurança terceirizada, os moradores e porteiros devem cooperar e estar sempre atentos em seu dia a dia.

Por isso, hoje trouxemos algumas dicas para você que é síndico e precisa do auxílio de todos na segurança do condomínio:

O morador precisa participar da segurança do local

Segundo o canal SindicoNet, 70% dos assaltos a condomínios acontecem devido a entrada de um estranho no local. Carros clonados e falsos entregadores podem adentrar ao condomínio, até por um mínimo descuido. Por isso, é importante que o morador esteja consciente de que é parte integrante da segurança do local onde reside.

Pequenos hábitos podem comprometer a segurança do condomínio

Ainda falando da participação dos moradores: as pequenas coisas do dia a dia, que muitas vezes parecem não ter importância, são as que mais fazem diferença para a segurança de todos. Ao sair e chegar no prédio, por exemplo, o morador deve conferir se o portão fechou, se há algum suspeito próximo ao local, etc. Os deliverys devem ser atendidos na recepção, já que pessoas mal-intencionadas podem se passar por entregadores. Com simples cuidados no dia a dia, os assaltos podem ser evitados.

Aprove em Assembleia os novos procedimentos de segurança

É importante convocar os moradores para uma Assembleia e que juntos decidam o que fazer pela segurança do condomínio. Também é importante deixar claro qual a função de cada colaborador desta área, como os porteiros, os seguranças, entre outros. Assim, todos saberão como agir e como vai funcionar o processo no dia a dia.

seguranca-condominio-01A instalação de equipamentos deve ser feita por especialistas

A instalação de câmeras sem o acompanhamento de um profissional pode trazer muitos problemas. Os equipamentos variam de acordo com a necessidade do condomínio e só um profissional da área saberá explicar as diferenças corretamente.

Instalar câmeras por conta própria pode sair mais caro, no longo prazo, do que contratar uma empresa de segurança terceirizada. Por isso, conte com empresas de segurança para estudar o local e sugerir os equipamentos mais apropriados. Além disso, estas empresas contam com uma central de monitoramento, que registra todas as imagens e que pode ajudar em caso de invasões ao condomínio.

Verifique como está a segurança física das instalações

Além da segurança eletrônica e da ajuda dos moradores, outra questão muito importante na segurança do condomínio são as instalações. Guaritas, portas, portões, barreiras perimetrais, muros, entre outros, devem estar todos com a manutenção em dia e de acordo, para diminuir a vulnerabilidade do local. Outras ferramentas como o passa-volumes, por exemplo, ajudam muito para que o porteiro não tenha contato direto com os visitantes e mantenha a própria segurança. Aliada às câmeras, uma boa iluminação também inibe a ação de marginais nas proximidades.

Estas foram algumas dicas para que você possa melhorar ainda mais a segurança do seu condomínio. Se você tem interesse em priorizar este investimento, fale conosco. Temos ótimas opções em segurança eletrônica e portaria remota: (41) 3266-9581 l WhatsApp: (41) 98854-0059 l E-mail: comercial@intersept.com.br

Posts recomendados

Deixe um comentário