Vigilante: aprenda como cuidar da sua própria segurança no trabalho

vigilantes-01O dia 20 de Junho é a data que homenageia os vigilantes, profissionais muito importantes para a segurança de todos. E se você é vigilante sabe da importância de prezar não só pela tranquilidade das pessoas, mas também pela sua própria segurança.

Por isso, a matéria de hoje vem lembrar da importância do vigilante e também trazer algumas dicas para cuidar da sua segurança na rotina de trabalho.

Evite deixar o posto de trabalho

Esta é uma dica simples, mas muito importante para o profissional de segurança. O posto de trabalho acaba sendo um local em que o vigia pode se concentrar, observar e se resguardar. Até mesmo porque sempre é fixado em um local estratégico, para a segurança do estabelecimento e também do profissional. Dentro da guarita é possível ficar de guarda, observar as chegadas e saídas e ainda manter uma atitude mais reservada.

Sair do posto de trabalho pode causar distrações e até mesmo motivar alguma ação de pessoas mal-intencionadas. Então, prefira manter-se no posto, para ficar em estado de alerta e em segurança. Se for chamado para outras tarefas, aguarde pelas instruções completas antes de deixar o local.

Siga as normas da empresa

Seja da empresa onde trabalha ou do local em que está protegendo, seguir as normas é fundamental. Geralmente, estas regras falam sobre as áreas de circulação, os horários de funcionamento, os controles de acesso eletrônicos (de pessoas e veículos) e sobre as escalas de trabalho. O objetivo das normas é proporcionar mais tranquilidade e controle em caso de invasões, assaltos ou outros acontecimentos que envolvem perigo. Assim, é possível saber qual estratégia adotar, de maneira bem mais organizada.

Veja também quais são as obrigações dos vigilantes e das empresas de segurança aqui.

vigilantes-02

Deixe sua arma sempre no coldre

O coldre é uma segurança não só para o vigilante, mas para deixar a arma mais segura e discreta. Caso aconteça algum episódio em que precise entrar em ação, a arma não corre o risco de ser roubada, pois só o vigilante possui acesso ao coldre. Portanto, prefira sempre carregar a arma em seu compartimento específico.

Preserve uma postura adequada

Um vigilante é uma figura que demonstra respeito, seriedade, segurança e proteção. O uso do uniforme e técnicas de treinamento adequadas também dão mais credibilidade aos profissionais. Manter essa postura traz mais benefícios do que se pode imaginar: além de aumentar o respeito por parte dos frequentadores do local, essas atitudes e valores intimidam marginais e pessoas com más-intenções.

Prefira atitudes mais reservadas

Evite falar da sua vida pessoal ou de dados e fatos sigilosos da empresa onde trabalha. Existem informações que não devem ser do conhecimento de todos. Além disso, dados sigilosos podem chegar a bandidos e, por consequência, expor o local a acontecimentos perigosos. Deste modo, prefira comunicar-se quando for necessário e trate sobre assuntos profissionais. Uma atitude mais reservada mantém a concentração e gera mais confiança a todos.

Lembre-se de atualizar as técnicas de defesa pessoal

As técnicas de defesa pessoal são imprescindíveis para qualquer profissional de segurança. Porém, com o tempo muitos vigilantes acabam perdendo o preparo físico, o que acaba se tornando um perigo para a sua função diária.

Procure sempre estar atualizado quando às técnicas de segurança pessoal, tanto para as suas reações como para se defender de ações criminosas. Este é um investimento pessoal, que melhora o autocontrole e a ajuda lidar com as mais diversas situações.

Para mais dicas, veja também a matéria “10 Dicas de segurança para vigilantes”.

A Intersept atua há 19 anos no ramo de segurança privada, em Curitiba e região metropolitana, e investe sempre em seus profissionais vigilantes. Quer fazer parte da nossa equipe? Entre em contato conosco.

 

 

Posts recomendados

Deixe um comentário